sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Algumas Aves de Santo André

  
 Esta postagem foi deixada para mostrar algumas espécies de aves que podem ser encontradas na cidade de Santo André, algumas em áreas bem urbanizadas, outras em áreas mais arborizadas como praças e parques.


Rolinha (Columbina talpacoti)

  A rolinha é um columbiforme de pequeno porte, aliás, o menor da região, muito comum em áreas urbanas, sendo mais comum nelas do que em seu ambiente natural. Costuma caminhar pelo solo em passos rápidos e miúdos, onde busca por grãos e sementes derrubados no solo. Possui dimorfismo sexual, o macho é mais castanho claro, enquanto a fêmea bem mais escura, o macho também possui a coloração clara da cabeça mais evidente, podem se reproduzir o ano todo se houver alta disponibilidade de alimento. Pode frequentar quintais e calçadas quando atraída por sementes que são fornecidas a pássaros em comedouros urbanos.


Sanhaçu (Tangara sayaca)

  O sanhaçu é um thraupideo de médio porte, o mais comum da zona urbana, aparecendo até mesmo nos bairros menos arborizados. Altamente adaptado a zona urbana, pode se alimentar de quase qualquer coisa, come frutos, flores, néctar, brotos, folhas, insetos, frequenta comedouros e bebedouros de beija flor, se alimenta de ração de cachorro quando esta fica exposta em ambientes abertos e também se alimenta de restos de comida descartados pelas pessoas na cidade, quando tem acesso. Se reproduz no segundo semestre do ano, pode construir seu ninho em arvores ou em estruturas artificiais como telhados e fiações, fora da época reprodutiva costumam andar em grupinhos, as vezes, associados com outras espécies.


Biguá (Phalacrocorax brasilianus)

   O legitimo cormorão brasileiro, avistado tanto na água salgada próxima a costa quanto na água doce interiorana, em Santo André pode ser observado nos parques urbanos que possuem lagos, já que esta espécie se alimenta principalmente de peixes, que captura através de longos mergulhos. Sua sazonalidade pode variar de acordo com o ano, aparecendo em grandes bandos no Parque Central em períodos de escassez de chuva, quando a água fica menos turgida, facilitando a pesca.


Trinca ferro (Saltator similis)

   O trinca ferro é um thraupideo de grande porte, que habita matas e capoeiras, e possui esse nome por causa do seu alto e estridente canto que lembra o som do ferro trincando, motivo o qual, ele foi muito perseguido e caçado em muitas regiões do Brasil, porém, em locais onde ele é pouco perseguido como Santo André, pode ser avistado até mesmo dentro da cidade, porém, sempre nos bairros mais arborizados.





quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Levantamento de Aves no Parque Central de Santo André

Levantamento de Aves no Parque Central de Santo André
(01/05/2018)
(17/06/2018)
(09/07/2018)
(24/07/2018)
(28/07/2018)
(10/08/2018)
(24/08/2018)
(02/09/2018)

   Algumas espécies de aves fotografadas no Parque Central de Santo André, durante os monitoramentos realizados nas datas acima:


Arapaçu de cerrado (Lepidocolaptes angustirostris)


Canário da terra (Sicalis flaveola)


Falcão de coleira (Falco femoralis)


Garça moura (Ardea cocoi)


Pato do mato (Cairina moschata)


Biguá (Phalacrocorax brasilianus)


Pica pau verde barrado (Colaptes melanochloros)


Saí canário (Thlypopsis sordida)


Pé vermelho (Amazonetta brasiliensis)


Quiriquiri (Falco sparverius)


Frango d água (Galinulla galeata)


Sabiá poca (Turdus amaurochalinus)


Socó (Nycticorax nycticorax)


Biguá (Phalacrocorax brasilianus)
Pé vermelho (Amazonetta brasiliensis)


Pomba (Columba livia)


Gavião carijó (Rupornis magnirostris)


Anu preto (Crotophaga ani)


Pomba de bando (Zenaida auriculata)


Pássaro preto (Gnorimopsar chopi)


Periquitão (Psittacara leucophthalma)


Jandaia de testa vermelha (Aratinga auricapilla)


Maracanã pequena (Diopsitacca nobilis)


Biguatinga (Ahinga ahinga)


Coleirinho (Sporophila caerulescens)


Rabo branco acanelado (Phaetornis pettrei)


Cambacica (Coereba flaveola)


Lavadeira (Fluvicola nengeta)


Sabiá do campo (Mimus saturninus)


João porca (Lochmias nematura)


Socozinho (Butorides striata)


Golinho (Sporophila albogularis)


Pintassilgo (Spinus magellanicus)


Periquito (Brotogeris tirica)


Alegrinho (Serpophaga subcristata)


Gavião de cauda curta (Buteo brachyurus)


Garça branca (Ardea alba)


Garça branca pequena (Egretta thula)


Sabiá barranco (Turdus leucumelas)


Guaracava de bico curto (Elaenia parvirostris)


Quero quero (Vanellus chilensis)



Corruíra (Troglodytes musculus)


Cigarra bambu (Haplospiza unicolor)


Tiziu (Volatinia jacarina)


Papagaio (Amazona aestiva)


Anu branco (Guira guira)


Beija flor tesoura (Eupetomena macroura)


Coruja orelhuda (Asio clamator)


Sabiá laranjeira (Turdus rufiventris)


Tico tico rei cinza (Coryphospingus pileatus)


Curutié (Certhiaxis cinamommeus)


Pica pau branco (Melanerpes candidus)


Saíra viúva (Pipraeidea melanonota)


Pitiguari (Cyclarhis gujanensis)


Tuim (Forphus xantopterigius)