domingo, 20 de agosto de 2017

Passarinhada no Centro Universitário Fundação Santo André

Passarinhada no Centro Universitário Fundação Santo André
( 03/12/2016)


  A primeira espécie observada neste dia foi o joão teneném ( Synallaxis spixi), extremamente territorial, quase sempre pode ser encontrado no mesmo lugar, porém, nem sempre aparece para fotos.



  E para a minha surpresa, neste dia teve até pássaro preto ( Gnorimopsar chopi), na área aberta do estacionamento da faculdade, onde vocalizava insistentemente de cima de uma luminária, muito bom ver a população desta espécie se expandindo.


  Outro incomum no local, mas que aparece ocasionalmente no campus, é o gavião peneira ( Elanus leucurus), que costuma aparecer geralmente na área aberta do estacionamento, de onde paira sobre o ar em busca de pequenas presas.


  A lavadeira mascarada também marcava presença na área do estacionamento, sempre na mesma arvore, mesmo após os filhotes terem crescido e abandonado o território dos pais, esta espécie geralmente é observada próxima a água, mas pode aparecer longe dela também.


  Além do pássaro preto, o tuim ( Forpus xanthopterygius) também era uma espécie inédita para o campus, o menor Psitacideo do Brasil e um dos poucos com dimorfismo sexual, onde o macho possui uma mancha azul na asa e no dorso, enquanto a fêmea é inteiramente verde.


  E encerrando a postagem dessa passarinhada, uma foto de um dos filhotes da ultima ninhada de anu preto ( Crotophaga ani) que se teve nesta temporada, a família continua a aumentar cada vez mais no local.











Nenhum comentário:

Postar um comentário